Repórter Cidadão


10/02/2010


Mais um acidente por irresponsabilidade da SuperVia

Por Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ


Fotos de Eduardo do Doce


Perto das 15:00h do dia 08/02/2010 uma Saveiro foi abalroada na passagem de nível de Austin pelo trem que ia no sentido Central-Japeri.


O carro foi atingido na parte dianteira, e o motorista não se feriu.
O local precisa de uma cancela e de um funcionário que oriente o tráfego.
Falha de sinalização ou humana?



Após o acidente um funcionário da SuperVia veio ao local.
Se ele estivesse ali antes...



Um policial do DPO, o funcionário da SuperVia e o dono do veículo, com ajuda de pessoas que passavam pelo local retiraram o carro do meio da rua.

 

Até quando a SuperVia terá tratamento especial do Governo do Estado? Que parece não querer tomar providências em relação ao contrato de concessão da SuperVia, que não deve estar sendo cumprido como deveria, pois o desrespeito com os usuários e com a população que de uma forma ou de outra é prejudicada pelos transtornos que a má administração da malha ferroviária Fluminense nos causa.

Escrito por Leandro Maia Gonçalves às 14h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Reportagem da Rede Record

16/12/2009
Um amigo me ligou avisando que havia uma equipe de reportagem no cruzamento da linha férrea, próximo ao D.P.O., pois sabe que tenho denunciado o descaso da SUPERVIA em relação a reposição das lâmpadas dos postes que ficam próximos da passagem de nível do centro de Austin, que à noite fazem com que a escuridão e a insegurança tomem conta do local, que fica mais vulnerável a acidentes e delitos.
Fui entrevistado (
assim como outros que passavam pelo local) para o programa Balanço Geral, apresentado por Wagner Montes.
As lâmpadas estão apagadas há anos, e já relatei o fato à Sec. Est. de Transportes.
Durante o dia já é difícil transitar por ali devido ao desnível e irregularidades que existem na travessia da linha do trem. Tanto para automóveis, que às vezes param em cima da linha por causa do relevo do local, quanto para pessoas com dificuldades de locomoção, cadeirantes, idosos e pessoas que precisam passar de bicicleta, mães com seus carrinhos de bebê, carrinhos de compras, etc.
A Prefeitura não mantém as calçadas próximas em bom estado e livres de ocupação irregular, além de entulho e lixo, trasformando o centro de Austin em uma área esquecida pelas autoridades.
Acredito que a reportagem veio porque teria ocorrido um acidente recentemente, onde uma pessoa foi atingida pelo trem por atravessar de bicicleta na frente da composição.
Fiz minha parte ao relatar não somente as dificuldades que encontro, pois uso muletas e estou sempre me arriscando ao passar por ali.
Eu penso que quando não é respeitado o direito das pessoas ou estas ficam expostas a riscos por causa da incompetência de empresas ou da má administração publica nós não podemos ficar calados, mas devemos cobrar ações daqueles que estejam sendo negligentes.
Vamos continuar solicitando a construção de um viaduto no local.
Um viaduto traria benefícios e transtornos. Existem prós e contras.
O fato é que se houvesse uma cancela no local, além de segurança, iluminação noturna e uma melhor condição para as pessoas e veículos passarem, creio que seria uma solução mais interessante.


(Lєαη∂яσ Mαια Gσηçαℓνєѕ)

Escrito por Leandro Maia Gonçalves às 14h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NOVA IGUACU, AUSTIN, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Música, Filmes
Yahoo Messenger - (21) 9655-8051

Histórico